Eu me sinto mal comigo

Eu sou uma mulher solteira e eu crio minha filha de 8 anos sozinha. Desde o nascimento, coloquei a minha vida como uma mulher entre parênteses. Estou tendo problemas para me sentir bem com os outros. Eu não quero mais seduzir e ser seduzido por homens, eles me deixam fugir. Tenho um profundo sentimento de ser percebido como desprezível. Como resultado, muitas vezes me sinto excluído e terrivelmente sozinho. Eu não quero lutar mais, é normal?

Christelle Bonnet

Psicóloga clínica e psicoterapeuta

Respostas

Não deve ser normal, mas é bastante lógico. Você escreve "desde o nascimento, coloco a vida da minha esposa entre parênteses" e é sobre este ponto que as coisas devem evoluir. Você é mãe e você é uma mulher. Nas mulheres, há uma mulher apaixonada, mas também uma amiga, uma namorada, uma mulher "social". Você se deve a si mesmo e você deve a sua criança, que além disso é uma menina.

Aumentar sua filha sozinho é realmente raro e já não é apontado, você não deve se excluir. É a sua própria representação de si mesmo e da sua situação que deve evoluir para você, para a sua filha, mas também porque é o que marca o tom para os outros. Por que não começar a se conectar com outras mulheres na mesma situação que você? A Internet é uma ferramenta maravilhosa para isso. Agora que você percebeu que as coisas devem mudar, vá para ele!

Loading...

Deixe O Seu Comentário